10 de outubro de 2015

#

Sozinha e independente



Sozinha e independente

Gosto de ficar sozinha, de passar o dia na minha cama imaginando mil e uma histórias, sozinha.
De sentar na varanda e sentir o vento em meus cabelos, enquanto tenho varias sessões de nostalgia, sozinha.
De preparar um chá no meio da tarde e tomar enquanto leio um livro na minha cama, sozinha.
De fazer doces e tomar sorvete enquanto assisto a um filme sozinha.
De passear no parque enquanto escuro minhas músicas, sozinha.
Viver sozinha é muito bom, gosto de demonstrar que sou independente, forte e que não preciso das pessoas.
Acontece que não é assim.
Gosto que as pessoas se importem comigo.
De receber mensagem de bom dia, me faz sorrir. 
Que percebam que não estou bem e me ofereçam ajuda.

Pode não parece, mas não gosto de ser sozinha.
Sinto falta do abraço do meu pai, e de acordar com o cheiro do bolo da minha avó.
Mas assim é a vida, crescemos e queremos ser independentes, e quando conseguimos sentimos saudade daquela dependência, daquela gostosa sensação de ter alguém se importando.

@cristcamilla