2 de abril de 2015

#

Nada de reticências.

 
      Segura estas lágrimas que vai doer. Muito. Vai sufocar até não poder respirar mais. E quando respirar, o lado esquerdo do peito vai te estraçalhar, uma, duas, três, quatro vezes, trazendo a tona lembranças que deseja esquecer.

    Não vou mentir. Seu mundo vai acabar. Sem vontade de fazer nada, pode até pensar em acabar com a sua vida. Mas por uma droga de " certo ou errado", não irá fazer nada. Não vou mentir. Suas noites serão longas e sombrias.

  Não vou mentir. Nada é para sempre. 

   Um ombro amigo te fará sorrir. Te fará viver novamente, para te devolver as noites sombrias.

 Não vou mentir.

 Nada é para sempre. 

@cristcamilla