10 de novembro de 2014

#

Sorria.


 Era apenas mais uma sexta-feira chuvosa, últimos minutos de um dia cheio, álias como todos os dias dos últimos dois anos. Há caminho de casa havia várias frases de motivação, todas com um " sorria, mesmo com o coração partido, mas sorria!"; desde que eu comecei a olhar o mundo com meus própios olhos me dizem que é necessário sorrir para alegrar a vida, qual o problema em admitir que você não está bem? Talvez seja porque as pessoas lá fora não se importam, na verdade elas perguntam " tudo bem?" por educação e, como você já deve te percebido elas te agradecem por dizer " sim". 
   A mala já estava ao lado da porta, mas por via das dúvidas chequei o celular. Havia um SMS dele. Já sabia a resposta " amor sinto muito, correr um problema com o trabalho. Te amo."
Bingo!
Me joguei no sofá e liguei a tv. Um natal a mais ou a menos não fará diferença.

@cristcamilla