3 de maio de 2014

#

O silêncio da noite.


  Pois é. É no silêncio da noite que eu sinto sua falta. Falta da sua voz me confortando em meio aos soluços de um recém pesadelo. Falta das tardes de domingo e os filmes de comédia românticas que você odiava. Mas, principalmente sinto falta pessoa que me tornei contigo ao meu lado.

  Me sinto totalmente tola ao deixar essas lágrimas caírem ainda com timidez, sempre jurei a mim mesma que nunca ficaria assim por nada, quem dirá por um relacionamento de colégio como você. Mas que droga! Eu me importo e o pior, basta apenas uma palavra e eu jogo tudo para o alto por você, mas é claro que nem se importa..

  Ok. O vento gelado que brinca com meus cabelos não me incomoda mais, agora o que me resta é apenas me acostumar em ser apenas eu, mas um eu sem você. Não foi a primeira e nem será a ultima depção que terei. Eu apenas não sabia que relacionamentos de anos terminaria ao simples abrir de uma porta. E que machucaria tanto.

@cristcamilla