30 de dezembro de 2010

#

O casamento


Em um lindo castelo uma jovem de cabelos roseós e olhos verdes estava a se preparar para seu mais esperado casamento com Sasuke Uchiha, o príncipe do reino vizinho e ao qual roubou seu coração.
Sakura, estava à beira-mar penteando seu lindo e longos cabelos até que...
- Princesa! Princesa! Princesa! A vossa alteza precisa sair imediatamente do castelo estamos sendo atacados!
- Mas por quem?! Disse a princesa aterrorizada.
- Pelo o que se vê é o batalhão do reino do tio de seu futuro marido Marada... Sinto muito... Mas agora a vossa alteza precisa ir, vamos, vamos o seu noivo esta a vossa espera para que os dois fujam juntos.
A princesa não hesitou e foi com o seu melhor amigo e “criado” Naruto. Eles passaram por uma pequena porta que, estava depois da cortina na parede de seu quarto,  dentro daquela porta  havia um longo corredor escuro.
- Calma princesa já irei aceder à tocha.
- Ahh! Naruto-kun para de me chamar de princesa. Disse ela fazendo bico.
- Hahaha, me desculpa Sakura-chan
- Melhorou!
Naruto sorri e acende a tocha, logo perceberam que o corredor era bastante sombrio e úmido. Calafrios passaram pelos corpos.
- É melhor nós apressarmos Sakura-chan... Disse Naruto analisando o local percebendo que eles estavam sendo observados por um dos cavaleiros do inimigo da sua princesa e melhor amiga.
- Sim, sim mas...Estou com a sensação de que estamos sendo observados...
- É porque nós estamos.
- Ora, ora, a vossa alteza cresceu muito não é verdade?...muahahahahaha(visada de vilão).
-Hã!? Que-que-quem esta ai?! Disse Sakura já com medo.
- Calma! Só fique atrás de mim, ok?
- Sim!
Quando Sakura estava indo para atrás de Naruto sente algo se “enroscar” em seu tornozelo fazendo-a cair naquela água suja de esgoto.
- Sakura-chan!
A Sakura foi levantada pelo tornozelo ficando de ponta-cabeça por um mostro que surgiu da água verde que parecia ser feito de folhas e muita lama verde, sendo levada até onde Madara estava, logo sacou sua espada colocando no pescoço de Sakura, dizendo:
- Mexa-se apenas um músculo e eu a mato! mahuhuahahaha(risada de vilão).
- AAAAAH!!!!!!!!NARUTO , SOCORROOO!!!!!!!!!!!!!!!!!
- GRRRRRRRRRRRR, SOLTA ELA AGORA MADARA!!!!!!!!!. Naruto logo depois percebe que o príncipe Sasuke estava atrás do Madara, sacou sua espada e foi para cima dos guardas que estava em volta.
- Eu é que digo solte-a se não EU te mato. Disse um moço de cabelos negros rebeldes, alto de olhos da mesma cor.
- Sasuke-kun!!.Disse Sakura com os olhos brilhando.
- Co-co-como?
- Eu percebi que ela estava demorando muito e foi muito fácil achar vocês por causa desse seu mostro que deixa rastros muito fáceis, ahám muita tolice! Ah! A propósito solte-a agora!
Rapidamente Madara soltou-a, a qual foi correndo para os braços de seu futuro marido.
- Você esta bem Sakura?
- Sim, muito obrigado. Disse ela sorrindo
- E você Naruto já acabo ai?
- Ah! Sim claro- disse ele também sorrindo, com a mão atrás da cabeça, se levantando do chão ao qual estava acabando de amarrar a mão do ultimo guardo que terminara de enfrentar- ah e também o seu casamento ainda vai acontece hoje, a vossa majestade mandou vocês se casarem no reino do seu futuro marido todos estão a sua espera Sakura-chan. Continuou ele sorrindo.
Eles finalmente saíram daquele corredor extremamente assustador, havia uma linda carruagem branca na saída à espera deles.
Logo depois de um tempo chegaram ao reino do príncipe Sasuke.
Algumas semanas depois....
A princesa estava novamente penteando seus cabelos para o seu casamento que agora estava com fé que iria dar certo.
Até que seu cunhado o rei Itachi Uchiha bate na porta...
- Pode entrar. Disse a princesa.
- Sakura-chan?
- Itachi-kun!. E correu a onde ele estava e o abraçou.
- Vamos cunhadinha? Esta na hora. Sorrindo.
- Claro! 
Sakura estava com um vestido branco muito lindo bordado, arredondado com manga de frio e sandália prata de salto por baixo do longo vestido, com uma calda enorme.
Assim que as portas da igreja se abriram, e todos se levantaram como se manda o figurino, a igreja estava toda em feitada de branco e com rosas brancas, na frente de cada banco.
A melodia começou a tocar, e a princesa com seu "pai" assim como ela o considerava entraram na igreja e ela viu o seu marido no altar com um eterno cinza, com o sapato preto e uma gravata cinza.
Seus olhos brilhavam de alegria, e logo depois do casamento eles tiveram dois filhos um menino de cabelos pretos dos olhos verdes e quatro anos depois uma menina de cabelos rosa e olhos pretos, e viveram felizes para sempre.
The And!!

@cristcamilla